Meu Look: Inverno e Calmaria


Muitas vezes me deixei levar pelo calor do momento. Dei intensidade a sentimentos que na verdade eram tão sublimes e passageiros.
Não sabia encontrar o equilíbrio das minhas emoções. Era sempre tudo tão intenso. E toda essa euforia e intensidade, muitas vezes acabavam fazendo mal a mim mesma.


Com o passar do tempo a gente cresce e amadurecer faz parte desse processo. Embora, algumas pessoas insistam em fugir desse tal amadurecimento, essa etapa é necessária.
Ao amadurecermos não nos tornamos mais 'velhas', apenas aprendemos a olhar diferente para cada situação. Acho que nos tornamos mais racionais.


Quando temos 15 anos, achamos que os sentimentos daquele momento devem aflorar o tempo inteiro. Valorizamos e dramatizamos cada acontecimento. Chegamos a achar que as mágoas são eternas, que as tristezas não vão ser esquecidas e que todas as nossas amizades serão eternas.



A grande verdade é que depois dos 20 anos, nós entendemos que alguns sentimentos perdem a intensidade  com o passar do tempo. As mágoas e tristezas já nem tem tanta intensidade como no passado, embora, muitas pessoas insistam em revive-las, verdadeiramente, com o passar do tempo elas nem doem mais como antes.
E as amizades? Ah as amizades. Algumas permanecem, mas aquelas que a gente nem imaginavam que iria durar, essas sim permanecem intactas.


O tempo trouxe consigo uma calmaria que dia após dia invade a minha alma. Paz e tranquilidade resumem meu estado de espírito. Não super valorizo coisas que aconteceram há anos e muito menos alimento mágoas  que já deixaram de existir. Não permito que coisas bobas do dia a dia roubem a minha alegria. Não dou gritos de estresse, e por mais que em alguns dias ele insista em aparecer, eu prefiro cantar. Afinal, a canção invade nosso coração de paz e calmaria.
Eu escolhi viver da melhor forma que se pode viver.


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas